No âmbito da comemoração do Dia da Floresta Autóctone, o Município do Porto Santo envolveu hoje o Agrupamento de Escuteiros 999 do Porto Santo e turistas dinamarqueses, numa ação de plantação de uma espécie autóctone do Porto Santo, neste caso o dragoeiro. Estas espécies, estando adaptadas às condições climáticas do Porto Santo, são as mais adequadas no processo de reflorestação da ilha. A iniciativa contou com o apoio do Hotel Vila Baleira e do Instituto das Florestas e Conservação da Natureza (IFCN), que cedeu os dragoeiros e acompanhou os trabalhos de plantação. Todos os participantes receberam um certificado, emitido pelo IFCN.














Ver no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here