20.2 C
Porto Santo, Madeira
Quinta-feira, Junho 13, 2024

> Fontanário do Espírito Santo

PT |

Os trabalhos de construção deste fontanário, situado no sítio do Campo de Baixo, tiveram início em agosto de 1890, no mandato camarário de Manoel de Vasconcelos de Velosa, para servir a população local, aproveitando as águas do Ribeiro Cochino. Possui uma pia retangular em cantaria, e é composta por pilastras em cantaria de faces salientes. O arco é de volta perfeita com chave relevada a cantaria. O imóvel termina em empena com as siglas do município, salientes no exterior. Da sua construção inicial faziam parte duas pias de cantaria para o serviço do gado.

A falta de água foi, desde sempre, um desafio, com influência direta na vida e sustentabilidade da população porto-santense. O seu transporte era feito de forma primitiva, ora a água era acartada em latas às costas, em bilhas no pescoço e até mesmo em barris, muitas das vezes por homens que eram pagos para esses serviços. Enquanto esperavam que as latas de água se enchessem, tarefa que muitas vezes demorava duas a três horas, as mulheres aproveitavam esse tempo para conviver, conversar e bordar.

EN |

It was in August 1890, when Manoel de Vasconcelos de Velosa was Mayor, that work began on building this fountain in Campo de Baixo for the local population. The water comes from the Cochino Stream. It has a rectangular stonework font, and is composed of pilasters in stonework with projecting faces. The arch is perfectly round and has a keystone in stonework relief. A gable with the initials of the municipality in relief tops the construction. Two stone basins for livestock were part of the original fountain construction.

Lack of water has always been a challenge, directly affecting the life and viability of the population of Porto Santo. The water was carried in a primitive way, often by men who were paid for these services. Sometimes they carried it in cans on their backs, sometimes in jars on their shoulders, or even in barrels. While they waited for the water cans to fill, which often took from two to three hours, the women used the time to socialize, gossip and do embroidery.

Câmara Municipal do Porto Santo 
Edifício de Serviços Públicos
Rua Dr. Nuno Silvestre Teixeira,
Apart. n.81 9400-162 Porto Santo

Contatos:
Telf: (+351) 291 980 640
Fax: (+351) 291 982 860
E-mail: geral@cm-portosanto.pt